Divulgações de ESG no Ibovespa - PwC Brasil

Estudo da PwC analisa os pilares ESG nos relatórios não financeiros divulgados pelas empresas que compõem o Índice Bovespa

Diante da relevância dos temas ESG para os negócios, as empresas têm divulgado mais informações a respeito deles, embora ainda não exista um framework ou modelo de apresentação de resultados e métricas ESG.

Para saber como as empresas brasileiras de capital aberto estão abordando questões socioambientais e de governança em seus relatórios anuais, coletamos e analisamos todos os relatórios de 78 das 81 empresas que compõem o Ibovespa (carteira maio-agosto/2021). O estudo mostra que, embora os relatórios destaquem temas ESG, 31% não adotam metas claras relacionadas a esses assuntos. E apesar de as empresas estarem inclinadas a divulgar dados relacionados a sustentabilidade, elas ainda não parecem muito preocupadas em submeter suas informações a uma verificação externa que assegure a qualidade e confiabilidade dos seus relatórios.

É positivo, porém, que 85% das empresas apresentem as informações em relatórios disponíveis para o público, mesmo sem serem obrigadas a fazê-lo. Isso indica que elas estão respondendo às exigências da sociedade e mostra o nível de comprometimento com a divulgação de informações que são, cada vez mais, essenciais para investidores e demais stakeholders fazerem análises de investimentos. O desafio agora é tornar essas informações críveis, comparáveis e verificáveis.

Participação em índices de sustentabilidade no Brasil e no mundo

Vinte e seis das 67 empresas que divulgaram relatórios (39%) não participam de nenhum índice vinculado a questões de sustentabilidade, 16 empresas (24%) participam de ao menos um índice, enquanto 25 empresas (37%) têm suas ações listadas em mais de um índice.

Faça download das divulgações de ESG no Ibovespa aqui

Acesse o estudo na íntegra aqui

Siga nossas Redes Sociais

Receba nossas Notícias